Superstar Desilusão

by Primeira Dama

supported by
mat
mat thumbnail
mat um bom álbum para acompanhar este Outono :) Favorite track: Rapaz Suave.
/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.
    Purchasable with gift card

      €7 EUR  or more

     

1.
Cheia 04:20
De alto país pra país baixo, A vida que eu sempre quis, Sou "a lady com mais pausa", Estrangeira no meu país, Ó mãe eu sou menina, Um dia hei de ser mulher, Mas se as pátrias são só duas, Não vou ser eu a escolher, Este vento traz-me um cheiro a ti, O frio já me fez mais feliz, Voltar ao sítio onde eu cresci não vai dar, Se a velha princesa é o novo altar, Já foi teu o meu refrão, Má onda é não dizer, Se eu falei é garantido, És a única mulher, Certidão de parte incerta, Passaporte de aptidão, A vida "até deixar de ser", Tudo sobre o coração, Lua cheia no teu olho, Segue em linha até ao mar, Já nem à segunda eu sonho, Foi dia de ir trabalhar, Já foi teu o meu refrão, Má onda foi dizer, Com a verdade ali a olhar pra elas: "És a única mulher."
2.
Desilusão 03:17
Tenho um plano, Que já não posso escrever, Não me engano, No que não tento fazer, A pensar, a pensar, a pensar, O que importa eu nunca digo, A desistência é convenção do meu umbigo, Não ter a família comigo, Manhãs de inverno, Mas estou a arder, Não importa vou negar, O que está pr’acontecer, Tenho um plano, E já não o posso contar, Em canções e canções e canções, Que com sorte vão ficar, Manelito Superstar Desilusão, A rir, A rir pra não chorar, Manhãs de inverno, Na labuta até doer, Fui cobarde por me deixar enganar, Ficou tudo por fazer.
3.
Fazer diferente, Eu não sei ser diferente, Ficaram com tudo o que era nosso, Que eu já não posso mais, Com os anos a passar, Vou-me mancar, Por mais que eu queira não é aqui que eu vou ficar, Ser diferente, eu não sei, Bem sei que eu não estou bem, Quando dou por mim assim sem te ver, Com os momentos a desaparecer, Em lugares assim, Lisboa, Já não tem memória de estares ao pé de mim. Soía, Voltar de 15 ao fim do dia, E é magia, Se a linha já vai pr'onde eu não ia, Tenho a mania, Mas eu nunca fui quem ela queria, E é magia, O amor faz valer a utopía, Filha vês bem, É a tua mãe (a mania dói), Eu bem sei, eu bem sei, Eu bem sei, eu bem sei... Imaginei! Soía, Voltar de 15 ao fim do dia, E é magia, Se a linha já vai pr'onde eu não ia, Tenho a mania, Mas eu nunca fui quem ela queria, E é magia, O amor faz valer a utopía. (Magia...)
4.
Rodrigo 04:13
Tou sem paciência mãe, Tou sem cabeça mãe, Ficar igual ti, Mais vale sozinha até ao fim, Já sei bem ser mãe só me falta um par, Já sei bem ser mãe, Que ser menina é má condição, por isso, Eu estudei bem a lição, E vai daí, eu fiz esta canção, E vai daí, eu fiz esta canção, Emília, é a família, Emília, é a família, Não deixes que ninguém, Mesmo com o amor que tem, Não deixes que ninguém, Mesmo com o amor que tem, Te diga se tá bem, A Emília, Não queria ser como a mãe, Mas agora ela já sabe: Só me querem bem, E quem não quer, A mal por bem, Fica atrás, Que eu sou um rapaz, Faz tão bem crescer, Vais aprender, Faz tão bem crescer, A vida é a doer, mãe O que é que eu vou fazer? A vida é a doer, mãe O que é que eu vou ser, O que é que eu vou ser? Emília, é a família, Emília, é a família, Não te esqueças que um dia hás de ser tu, Não te esqueças que um dia hás de ser tu, Não te esqueças que um dia hás de ser tu, Não te esqueças que um dia hás de ser tu... Que só lhe vais querer bem, Só lhe vais querer bem! (Emília...)
5.
Rapaz Suave 04:30
Rapaz suave, condição da morte, Tens a razão mas o meu amor não tens, Se eu te provar que a vida assim não o é, Posso fingir mais um bocado pra de mim fincares ao pé, O nosso santo já chegou e mesmo assim, O frio tem mais poder que o que tu tens sobre mim, Sentadinhos no jardim, A ouvir outros falar, Que é feito da soberba, De em voz alta pensar: Quero ver, As netas a passar ao por do sol, Pra não ter, A sorte por queimar num corpo mol, Pode ser, Que a praia me converta se assim for, mas, Não vou peder, A vez pra te contar ao pormenor, Das folhas a cair em meu redor, Num dia errado pra testar a sorte, Já com idade pr'atinar, Ficou à espera dum lugar mas disse: "É só por ti que eu me faço forte!", Sofrer por não saber o que dizer, Inspira estilo e alarga o porte, Da-lhe, da-lhe condição, Agora é só vê-la crescer, Já tas todo fanfarrão, Olha quem fazes doer, Quero ver, As netas a passar ao por do sol, Pra não ter, A sorte por queimar num corpo mol, Pode ser, Que a praia me converta se assim for, mas, Não vou peder, A vez pra te contar ao pormenor, Das folhas a cair em meu redor, O palhaço ainda canta, Com o intuito de ferir, Jogar cartas ao acaso, Já só dá mesmo pra rir, Não se assume nem por nada, O boyzão já deu pro torto, Sempre a desistir sem culpa, Mais valia já estar morto.
6.
Sion 03:01
Acordo à noite e não te vejo, Não é a paz de aproveitar, A noite é quente e eu só desejo, A minha paz, deixem-me estar, Deixem-me estar... São as mil e uma noites, Aqui na civilização, São, são os mamelucos em expansão, São, são! São, são, Os coitadinhos do Sião, hummm... A sopa tá no chão, Não dá pra voltar atrás, A canção é de cuzão, Só aos brutos satisfaz, Vem saúde, amor e pão, Quero a guita só pra mim, Antes estar na solidão, Que cantar: "Shalom chaverim!" (I wanna be a popstar!)
7.
Lilo 05:04
8.
Fim 03:18
Se o comboio vai passar, Vem comigo até ao fim, Tanta pressa pra chegar, Pra ter sempre o mesmo fim, Sempre foste mais capaz Resistir até ao fim, Será que desta vai dar, Estou aqui até fim, Foi contigo que aprendi, Que há sempre onde começar, Acertar bem a postura, Por a cabeça a pensar, Já mal por nunca te ver, Agora só te encontro assim, Hoje na Lisa fez sol, Queria ter-te ao pé de mim, Mas dessa casa tu não sais, Bem conheço a maldição, Se a luta nos arrastar, Tens sempre o meu coração, Foi contigo que aprendi, Que há sempre onde começar, Acertar bem a postura, Por a cabeça a pensar, Se já foi não há penar, Recomeço agora aqui, As paredes que te tolhem, Vão ruir até ao fim.

about

Primeira Dama: Vozes e teclados.
António Queiroz: Baixo.
Inês Matos: Guitarra solo.
João Raposo: Guitarras e sintetizadores.
Martim Brito: Bateria.

Todas as canções foram compostas pela Primeira Dama entre 2018 e 2019 e arranjadas com a Sua Banda durante o ano de 2019, à excepção da "Fim", arranjada pelo Zé Maldito e pela Primeira Dama.

Pré-produzido pela Primeira Dama e pelo Filipe Sambado no Estúdio da Maternidade em Lisboa , com assistência do Chinaskee, durante o ano de 2019.

Gravado pelo Gonçalo Formiga nas Caldas da Rainha, durante uma fria semana de Janeiro de 2020, com a assistência do Ricardo Mendes.

Produzido pelo Gonçalo Formiga e pela Primeira Dama.

Produção e gravação de vozes pelo Bejaflor e pela Primeira Dama.

Misturado pelo Gonçalo Formiga e pelo Bejaflor.

Masterizado pelo Leonardo Bindilatti.

Capa pelo Tomás Queiroz.


A Primeira Dama agradece à Sua Banda, à Xita, à Hatsize, à sua querida mãe por tudo e mais umas botas, à sua família, ao Yuki, ao Gonçalo, ao Zé, ao Leio, ao Sambado, ao Chinaskee, ao Abras, ao Zé Maldito, ao Caguincha, ao Tomás, ao Severo, ao Benjamim, ao Rodas, ao Nelson e ao Bocage.


XTR012/HTSZ008

credits

released September 18, 2020

license

all rights reserved

tags

about

Primeira Dama Lisbon, Portugal

contact / help

Contact Primeira Dama

Streaming and
Download help

Report this album or account

If you like Primeira Dama, you may also like: